Principais dicas para você não se afundar nas dívidas

Muitas pessoas nos dizem que adorariam pagar suas dívidas ou se livrar completamente delas, mas não têm certeza da melhor maneira de fazer isso ou por onde começar. Na verdade, não existe uma “melhor maneira” que funcione perfeitamente para todos. Portanto, aqui estão algumas dicas comprovadas para você começar. Quanto mais você puder aplicar, mais rápido você sairá do débito.

Pague mais do que o mínimo

Certifique-se de sempre pagar mais do que seus pagamentos mínimos em seus cartões de crédito, cheque especial ou linha de crédito. Se você fizer apenas os pagamentos mínimos com cartão de crédito a cada mês, pode levar literalmente uma eternidade para quitar seu saldo. Uma outra forma é solicitar um empréstimo pessoal para negativado online.

pagando suas dividas

Se você quiser quitar seu saldo rapidamente, pague o máximo que puder. Mesmo R$ 50,00 extras a cada mês ajudará. Experimente usar uma calculadora financeira para ver quanto você pode economizar.

Gaste menos do que você planeja gastar

A maioria de nós temos desejos e vontades maiores do que nossos cheques de pagamento. Você deve ter ouvido o velho ditado: “Você pode ter quase tudo o que quiser; você simplesmente não pode pagar tudo o que deseja. ” Muitas pessoas se endividam e permanecem endividadas porque tendem a comprar o que querem, quando querem. 

Nem mesmo os milionários podem comprar tudo o que desejam. Se você quer algo, não compre a menos que tenha o dinheiro. Se você puder ficar satisfeito com menos do que idealmente gostaria, mesmo que temporariamente, pode usar o dinheiro que economizou para pagar sua dívida. Quando sua dívida for paga, você provavelmente terá se ajustado às novas prioridades e poderá usar o dinheiro que está economizando para aplicar em outras prioridades financeiras.

Outra ótima maneira de gastar menos é pagar com dinheiro em vez de crédito. O McDonald’s descobriu que as pessoas gastam 56% a mais em seus restaurantes quando pagam com crédito em vez de à vista. Estudos têm mostrado que as pessoas gastam 100% mais em máquinas de venda automática ou em ingressos de eventos quando usam o crédito. 

No geral, os estudos parecem mostrar que as pessoas tendem a gastar pelo menos 15% a mais em tudo o que compram usando crédito. Se aplicarmos este conceito a uma família brasileira média que atualmente compra tudo com cartões de crédito, eles provavelmente economizaram bem mais de R$ 3.000 por ano se comprassem coisas em dinheiro. Mesmo que sua economia não seja tão grande quanto neste exemplo, você provavelmente pode entender nosso ponto. Se você quiser sair da dívida,

Pague primeiro suas dívidas mais caras

Uma das estratégias mais inteligentes para sair das dívidas é fazer pagamentos mínimos de todas as suas dívidas e cartões de crédito, exceto um. Escolha a dívida que está cobrando mais juros e concentre todos os seus pagamentos extras em pagá-la primeiro.

Depois que sua primeira e mais cara dívida for paga, pegue todo o dinheiro que estava pagando naquela primeira dívida e concentre-se na próxima dívida mais cara. Continue com esse método ao pagar cada uma de suas dívidas e ficará com uma dívida a menos cara para pagar por último. 

pagando suas dividas

Essa estratégia irá livrá-lo das dívidas rapidamente e você se sentirá encorajado ao ver seu progresso. Há também uma variação diferente dessa estratégia que muitas pessoas consideram ainda mais motivadora. É chamado de Método Bola de Neve. Você pode verificar se funciona melhor para você .

Pense em uma renda extra

Conseguir um segundo emprego, ou conseguir consistentemente um ou dois turnos extras, é uma forma comum de muitas pessoas pagarem suas dívidas. Isso não funciona para todos, mas se você conseguir fazer com que funcione, poderá se livrar das dívidas muito mais rápido. Para que isso funcione, você deve aplicar toda a sua renda extra ao pagamento da dívida. Trabalhar em turnos ou horas extras também não precisa ser permanente. Depois que suas dívidas forem quitadas, você pode voltar a reduzir.

Você também pode considerar a geração de alguma renda extra para pagar sua dívida, capitalizando em um hobby de que goste ou em um conjunto de habilidades que possa ter. Por exemplo, se você for um bom escritor, considere fazer freelance de artigos para blogs, jornais, meios de comunicação ou em um site freelance. 

Existem muitas formas de quitar as suas dívidas e nunca mais ficar devendo, utilize essas dicas que te damos que temos certeza que você já vai começar pelo melhor caminho para a quitação das suas dívidas.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *